O que ver em Barcelona

Barcelona é uma das cidades espanholas que mais recebe turistas por ano, além de ser uma das cidades mais prestigiadas e visitadas do mundo. A sua beleza arquitectónica, a sua enorme oferta cultural, gastronómica e nocturna e o seu encanto fazem com que todos os que viajam em Barcelona sintam-se encurralados pela bela capital catalã. Se você está planejando sua viagem para Barcelona em .com, explicamos-lhe, como bons habitantes desta cidade, todos os lugares para ver e saber para que você possa aproveitar ao máximo sua estadia.

O que ver em Barcelona: a Sagrada Família

Não há dúvida de que as obras do arquiteto catalão Antoni Gaudí estão entre as principais atrações de Barcelona. E você não pode visitar a cidade sem passar por sua obra mais emblemática e monumental: La Sagrada Familia, a bela basílica que Gaudí projetou e começou a construir em 1882 e que ficou inacabada após a morte deste emblemático personagem catalão.

O interessante da Sangrada Familia é que, como sua construção continua até hoje, é difícil para o visitante encontrá-la sempre a mesma coisa, porque aos poucos o trabalho está progredindo e é possível ver novos elementos que são adicionados.

Para visitar este site, é melhor chegar cedo, especialmente no verão ou em datas de alto tráfego de turistas, como a Páscoa, enquanto longas filas são feitas para entrar na Família Sangrada, que podem se tornar muito tediosas. Recomenda-se pagar pelo audioguide, que fornece informações interessantes sobre Gaudí e a construção da basílica, você também deve visitar o pequeno museu que está dentro. Se você é um estudante, tem um cartão de jovem ou está aposentado, você pode desfrutar de descontos na entrada.

Quando se trata do que ver em Barcelona, a Sagrada Família, seja apenas fora ou pagando a renda, é simplesmente imperdível.

Acesso: Metro L5 e L2. Ônibus número 19, 33, 34, 43, 44, 50, 51, B20 e B24.

O que ver em Barcelona: Casa Batlló e La Pedrera

Continuando com as obras de Gaudí, Casa Batlló e La Pedrera são dois edifícios que você não pode perder em Barcelona. Localizado no Paseo de Gracia, uma das principais avenidas da cidade que reúne hotéis maravilhosos para ficar em Barcelona, ​​uma imensa quantidade de lojas e restaurantes, ambos são o exemplo perfeito do estilo que caracterizou Gaudí.

A Casa Batlló foi construída entre 1904 e 1906, a pedido do empresário Josep Batlló, hoje em dia é um edifício destinado somente à visita dos turistas e ao desfrute de certos eventos em seu espetacular terraço. Sua fachada destaca-se não só pelos detalhes elaborados, mas também pela sua enorme beleza.

Por seu turno, La Pedrera, também conhecida como Casa Milà, é um edifício encomendado a Gaudí pela família Milà que está agora aberto a visitas turísticas. Foi construído entre 1906 e 1912 e desde 1984 é considerado Património Mundial da Unesco. Além do apartamento modelo e do terraço, este espaço tem um centro cultural ativo, onde muitos eventos acontecem. Visitar seus espaços vale a pena se você apreciar o trabalho de Gaudí.

Acesso Casa Batlló: Metro L2, L3 e L4. Número de ônibus: 7, 16, 17, 22, 24, 28.

Acesso La Pedrera: Metro L3 e L5. Número de ônibus: 7, 16, 17, 22, 24, 28. Você pode caminhar de um prédio para outro sem ter que pegar o transporte público.

O que ver em Barcelona: Park Güell

Na lista do que ver em Barcelona, o Parque Güell é imperdível para muitos. Um pouco mais distante do centro da cidade, este parque projetado por Gaudí, originalmente destinado a ser uma área residencial para a família Güell, é hoje um espaço muito visitado por conter desenhos emblemáticos do arquiteto, incluindo o famoso Dragão.

As vistas do Parque Güell são uma delícia para o visitante, que também pode acessar a casa que o arquiteto habitou durante o desenvolvimento do projeto, e percorrer este belo lugar concebido como uma espécie de santuário que está gradualmente elevando o visitante até o cume, que se destinava a construir uma capela, mas hoje só tem o monumento do Calvário.

Embora o acesso ao Parque Güell fosse sempre gratuito, desde 25 de outubro de 2013 os turistas devem pagar 8 euros para visitar este espaço.

Acesso: Metro L3 para depois conectar com uma linha de ônibus. Barramento 24, 31, 32, 92, H6, Barramento del Barri 112.

O que ver em Barcelona: Palau de la Música e Hospital Sant Pau

Mas Gaudí não é o único arquiteto catalão reconhecido. O trabalho de Domènech i Muntaner também se destaca pela sua beleza e dedicação aos detalhes, sendo o Palau de la Música (1905-1908) e o Hospital de Santa Creu e Sant Pau (1902-1913), conhecido simplesmente como Hospital Sant Pau, duas de suas criações mais emblemáticas na capital catalã.

O Hospital Sant Pau fica muito perto da Sagrada Família, no final da Avinguda Gaudí, uma bela avenida que reúne vários restaurantes e cafés em um ambiente agradável e descontraído.

Ambos os edifícios são Património Mundial da Unesco desde 1997, pelo que a sua visita vale mesmo a pena.

O que ver em Barcelona: Las Ramblas e Paseo Colón

Las Ramblas é talvez um dos pontos mais movimentados para os turistas que visitam Barcelona. Começa na Plaza Catalunya, a praça mais emblemática da cidade e termina no Paseo Colón, o porto de Barcelona.

A rambla é repleta de restaurantes, lojas e quiosques, além de edifícios emblemáticos como o Teatro Liceu, um dos mais antigos e belos da cidade. Las Ramblas também se comunica com diferentes ruas e bairros do centro da cidade, como El Raval, devido à sua localização privilegiada, é um ótimo lugar para reservar um hotel em Barcelona e para desfrutar de toda a oferta da cidade durante o dia e noite.

Embora muitos turistas escolha Las Ramblas para comer, se você quiser desfrutar de comida catalã real e tradicional, a preços menos excessivos, recomenda-se a experimentar os restaurantes nas ruas próximas, onde é possível desfrutar de uma gastronomia de maior qualidade.

Las Ramblas termina no maravilhoso Paseo Colón, um ponto onde é possível começar a desfrutar da praia e do descontraído Barcelona. Neste espaço também é o único centro comercial da cidade que abre todos os dias: El Maremagnum, perfeito para compras de última hora.

O que ver em Barcelona: promenade

O Paseo Marítimo de Barcelona estende-se desde o Paseo Colón até a área do fórum, permitindo aos visitantes caminhar por áreas emblemáticas como Barceloneta, o antigo bairro dos pescadores, ou Ciudadella da Vila Olímpica, uma moderna área residencial que se tornou próspera desde em 1992, a cidade era a sede das Olimpíadas.

No passeio é possível visitar praias como Barceloneta, Nova Icaria, Bogatell ou Marbella, andar de bicicleta, andar de skate, passear, apreciar a vista do mar, comer ou tomar uma bebida nos muitos restaurantes e "chiringuitos" que você encontrará no estrada Uma rota ideal para os turistas que querem desfrutar de Barcelona perto do mar.

O que ver em Barcelona: Bairro Gótico

Você não pode visitar Barcelona sem caminhar e se perder (literalmente) pelas ruas do Bairro Gótico, que se estende para uma parte importante do centro da cidade, com suas ruas estreitas e repleta de edifícios maravilhosos e históricos. A Catedral de Barcelona, ​​a praça Felip Neri ou a Plaza del Rey são algumas das paradas obrigatórias no bairro gótico.

Mas o melhor conselho para aproveitá-lo plenamente é entrar com vontade de andar sem rumo e se encontrar pouco a pouco com todas as suas maravilhas, comer em qualquer uma das suas centenas de restaurantes, refrescar-se em seus muitos bares e apreciar a vista em suas praças. Uma ótima maneira de conhecer Barcelona de dentro.

O que ver em Barcelona: Montjuic

Entre a lista do que ver em Barcelona, Montjuic é uma obrigação se você quiser desfrutar de uma boa vista da cidade e maravilhosos pontos de interesse. No seu cume ergue-se o castelo de Montjui c, construído em 1751 para proteger a cidade dos invasores e convertido durante a ditadura de Franco na prisão e no centro de disparos do regime. Conta hoje é de acesso livre, subindo como um dos espaços históricos da cidade.

Na sua vizinhança, há o Estádio Olímpico, o maravilhoso museu MNAC, o museu CaixaFòrum, o Jardim Botânico e a bela Fonte Mágica de Montjuic, que de 30 de abril a 30 de setembro apresentam impressionantes shows de luzes e música que são deleite de visitantes e moradores locais.

Acesso: Metrô L2 ou L3 para acessar a fonte de Montjuic ou os museus. Se você quiser ir ao castelo, deve se conectar com o ônibus 150, ou pegar o funicular de Montjuic e depois o teleférico que leva ao topo.

O que ver em Barcelona: a Torre Agbar

Barcelona se mistura entre o antigo e o moderno, e a torre Agbar é a prova perfeita disso. Este edifício, visto de cima, em frente à Sagrada Família, tornou-se uma das principais atrações de quem visita Barcelona para os espectaculares jogos de luzes que o caracterizam.

É o edifício de Águas de Barcelona, ​​projetado por Jean Nouvel, que foi orientado para a basílica de Gaudí, com formas que evocam as linhas do arquiteto e as de Montserrat, uma das montanhas mais importantes para os habitantes da cidade.

Sua iluminação noturna é uma delícia para os visitantes e moradores locais, por isso é recomendado passar alguns minutos durante qualquer uma das noites que você passa em Barcelona.

A torre Agbar está localizada na Diagonal, na área considerada o bairro tecnológico da cidade, que reúne importantes hotéis ideais para quem visita Barcelona a negócios.

O que ver em Barcelona: Gracia, El Born, Barceloneta

Neste ponto, você já viu que Barcelona está cheia de edifícios de interesse histórico, turístico e cultural que você não pode perder.

Mas se você quiser desfrutar da cidade por dentro, nós convidamos você a visitar pelo menos um dos três bairros mais emblemáticos e charmosos da cidade: Gracia, a zona boêmia por excelência, com uma grande variedade de bares e restaurantes, Barceloneta el antiguo bairro de pescadores, belo e pitoresco, e o Born que faz parte do gótico, um lugar lindo que você vai curtir do começo ao fim.

Deixe-se cativar pela magia de Barcelona e desfrute de uma viagem única.